Jornalismo e Sociedade

1) LINHA DE PESQUISA JORNALISMO E SOCIEDADE

a) Ementa: Esta Linha de Pesquisa tem como objeto o jornalismo em suas diferentes formas, incluindo desde sua compreensão como um campo teórico e prático, seus desdobramentos em torno de uma Teoria da Notícia e dos Estudos da Mídia e o entendimento como categoria cognitiva de representação da realidade, a partir de uma leitura crítica dos processos de produção de conteúdo (da seleção dos acontecimentos à edição dos fatos hierarquizados), das conexões entre jornalismo e os diferentes atores sociais e de uma análise política e sociocultural da narrativa jornalística. O principal objetivo desta linha é a realização de estudos e pesquisas sobre gêneros e práticas jornalísticas, de modo a refletir sobre as tensões existentes entre o jornalismo como função pública e social e as reais possibilidades do jornalismo enquanto práxis (ação transformadora da realidade social). A linha constrói uma interface com estudos interdisciplinares com foco no jornalismo, e se preocupa em refletir sobre a produção jornalística em diversos contextos culturais e nacionais. Nesse sentido, incentiva projetos comparativos em âmbitos transnacionais.

b) Eixos Temáticos

1a) Jornalismo, mídia e política Propõe analisar a prática jornalística e a sociologia dos emissores a partir das relações que eles estabelecem com diferentes atores sociais (pares, fontes, públicos, sociedade, etc.); as relações de poder implicadas no processo de produção e distribuição de notícias, enfocando aspectos como a ideologia da mídia e a construção da realidade; o uso das ferramentas de investigação; a ética jornalística, as possibilidades de inovação abertas pelos dispositivos digitais e pela convergência nas redações; a notícia como produto e forma de representação social; internet studies no jornalismo e estudos de gênero nas redações Docentes: Prof. David Renault da Silva (M e D), Profª. Liziane Guazina (M),Prof. Luiz Martins da Silva( M e D) , Prof. Solano dos Santos Nascimento (M);

1b) Jornalismo: Narrativa, discurso e poder O objetivo do eixo é discutir as representações sociais, históricas e culturais dos textos jornalísticos e da mídia em geral, incluindo aspectos da identidade nacional, e tendo como ponto de partida a caracterização da linguagem como uma prática marcada por um compromisso com o social e o histórico. Esta prática envolve textos jornalísticos e da mídia, em geral, que representam e significam dimensões da realidade contemporânea com os seus variados acontecimentos e impactos. A pesquisa enfatiza os aspectos interpretativos implicados na análise dos textos, relacionando-os com os elementos históricos e sociais. O eixo também analisa representações imaginárias regionais na mídia e pode abrigar estudos comparados e interdisciplinares. Docentes: Profª. Célia Ladeira (M), Profª. Liziane Guazina (M), Profª Liliane de Macedo Machado (M) Profª. Maria Jandyra Cunha (D), Prof. Sergio Dayrell Porto (D).

1c) O jornalismo como profissão O objetivo do eixo é discutir a identidade profissional do jornalista na sociedade contemporânea, incluindo o perfil sociodemográfico, análise dos estatutos e carreiras, ideologia e cultura profissional, retóricas de legitimação do grupo, relação com outros grupos profissionais, mecanismos de definição da reputação e formas de rotulação dos jornalistas, além de estudar os processos de conservação e mudança identitária. O eixo também se interessa pelos tensionamentos gerados pela utilização das tecnologias digitais nas redações e a emergência de novos formatos de produção de notícias com os dispositivos móveis e a utilização das redes sociodigitais. A partir de uma perspectiva teórica interdisciplinar, busca incentivar a produção de trabalhos empíricos, articulando as dimensões da prática jornalística (rotina e processos produtivos, cultura organizacional, discurso e conteúdo) a outras dimensões do fazer jornalístico, como a relação com os públicos. Nesse sentido, o eixo se preocupa com a formação de redes de pesquisa em âmbito internacional e incentiva projetos de comparação transnacional, para que os problemas levantados não fiquem restritos a um único contexto nacional. Docentes: Prof. David Renault da Silva (M), Profª Dione Oliveira Moura (M e D),Prof. Fábio Henrique Pereira (D).

1d) Jornalismo, Consumo e Estilo de Vida Este eixo se dedica a estudar, desde uma perspectiva crítica, um tipo específico de produção jornalística que trata de assuntos como moda, viagens, culinária, automóveis, arquitetura e decoração. O lifestyle journalism, ou jornalismo “estilo de vida”, caracteriza-se por um enfoque particular do público, tratado como consumidor, e pela oferta de informações sobre bens e serviços frequentemente enquadrados como entretenimento. O eixo incentiva, ainda, estudos sobre o colunismo social e a produção jornalística que tem como pauta a cultura pop e a própria produção midiática, como filmes, novelas, seriados, shows, programas de auditório, programas de entrevistas e talk shows, além dos artistas e apresentadores que integram essas produções e que são representados como celebridades. Em todos esses casos os temas se constituem como matéria-prima para o jornalismo produzir discursos de consumo que têm o objetivo de divertir, entreter e atualizar o público. A partir da compreensão do consumo como um sistema de comunicação, e da noção simmeliana de estilo de vida, a proposta é investigar as complexidades dessas produções desde uma perspectiva teórica interdisciplinar, refletindo sobre as representações sociais veiculadas nesses contextos. Com a intenção de formar e ampliar redes de pesquisa e de cooperação internacionais, o eixo encoraja a submissão de propostas de investigação em contextos transnacionais. Docentes: Profª Fernanda Martinelli(M), Profª Liliane de Macedo Machado (M )